Grupo de Teatro Miguel Torga

 

Hedda Gabler

 

 

› Ficha Técnica

 

Sinopse:

Jorgen Tesman e a sua mulher Hedda acabam de regressar de uma viagem de núpcias que se alongou por alguns meses. Jorgen Tesman é um historiador medíocre, endividado, incapaz de entender o mundo em que vive. Hedda – nome de solteira Gabler - uma jovem aristocrata que não teve coragem de quebrar as convenções sociais que a levariam a escolher a vida que queria e com quem queria; trocou uma paixão pela imagem de respeitabilidade que está com Tesman. Hedda flutua no tédio e na amargura, com desprezo pelos que a rodeiam. A acção desenrola-se em casa dos Tesman, relaciona a figura manipuladora de Hedda com o seu passado, aludindo a um conflito entre ela e a sociedade.

As preocupações de Ibsen apontaram para as contradições da vontade e do dever. “Hedda Gabler” faz parte das obras de fase final de Ibsen. A peça data de 1890 e não teve na época uma recepção calorosa. Foi o tempo que lhe deu a simpatia das plateias.

 

Autor: Henrik Ibsen

Encenação: Prof. Pedro F. Costa

Luz e som: Tiago Meirinhos

Cenários: GTMT

Guarda Roupa: António Silva

Interpretação:

Berte – Lígia Rodrigues

Juliane Tesman – Rosa Apolinário

Jorgen Tesman – José Lourenço

Hedda Gabler – Raquel Maia

Senhora Elvsted – Inês Reis

Juiz Brack – Alex Matias

Ejlert Lovborg – Artur Lourenço

 

 

 

 

› Fotos

(Nota: As fotos estão optimizadas para ser visualizadas com Firefox)

 

 

Grupo de Teatro Miguel Torga